Planejamento Estratégico

Consiste no planejamento de como atender às necessidades e os objetivos imediatos do empreendimento, ou seja, atender a um mercado específico, aumentar a capacidade, renovar as e modernizar as instalações etc.   Isso sem criar obstáculos intransponíveis (ou transponíveis, mas com custos elevados) à expansões, remodelações e/ou mudanças de foco empresarial.
O Planejamento Estratégico, do qual um bom Plano Diretor é parte integrante, tem uma sequência lógica, porém flexível, para sua elaboração:

  • Reuniões com a alta direção da empresa, onde determinam-se premissas tais como:
    • Objetivos da empresa para o futuro de curto, médio e longo prazos.
    • Metas de crescimento / qualidade / lucratividade.
  • Análise de Operações
    • Determina-se a capacidade máxima das instalações existentes (se for uma expansão) tendo como base estudos operacionais e de “benchmark” em relação aos melhores exemplos.
    • Avalia-se se há de fato necessidade de expansão qual a necessidade real para atender às necessidades imediatas e futuras.
  • Plano Diretor
    • Determinação da área necessária para acomodar a expansão
    • Determinação da melhor localização geográfica, levando-se em consideração fatores como: logística, incentivos, zoneamento, acessos etc.
  • Estudo de Viabilidade
    • Determina-se o volume de investimento necessário para atender à necessidade de expansão e a Taxa de Retorno esperada para o investimento.  É uma operação retroalimentada até que se atinja o máximo nível de confiabilidade e precisão possível, envolvendo o orçamento de implantação, custos produtivos, receitas, fontes de financiamento, riscos etc.